Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

""

Ferramentas Pessoais

This is SunRain Plone Theme

Navigation

Você está aqui: Entrada / Notícias / 2016 / Censo de Empresas: Recolha de dados arranca no primeiro trimestre de 2015

Censo de Empresas: Recolha de dados arranca no primeiro trimestre de 2015

A recolha de dados no quadro do II Censo de Empresas (CEMPRE), 2014-2015, terá Início no primeiro trimestre de 2015 abrangendo as Províncias de Inhambane, Gaza, Maputo e Cidade de Maputo.

Esta importante operação estatística será realizada em duas fases, sendo a primeira, esta que começa nos primeiros três meses de 2015 e a segunda, que terá início durante o 2º trimestre, abrangendo as regiões centro e norte.

No quadro dos preparativos visando o início desta operação, que está a cargo do Instituto Nacional de Estatística (INE), foram formados, durante 28 dias, os recenseadores que junto de empresas, estabelecimentos e outras instituições, irão recolher os dados. A formação decorreu entre 24 de Novembro e 18 de Dezembro corrente.

O CEMPRE é uma operação estatística que tem por objectivo recolher dados sobre a estrutura e a implantação territorial de infra-estruturas como empresas e estabelecimentos. Durante a operação, serão recolhidos dados que vão contribuir para que as unidades económicas e sociais existentes no país conheçam melhor a universalidade das suas actividades. Com base na informação a ser recolhida será possível o desenho de programas cuja realização irá complementar os esforços pelo desenvolvimento sócio-económico do País.

Os mesmos dados serão utilizados para a construção/actualização do Ficheiro das Unidades Estatísticas (FUE) que contribua para melhorar a produção e acessibilidade de estatísticas económicas de qualidade, indispensáveis para os utilizadores. Outro objectivo a ser alcançado com a utilização dos dados do censo e do FUE, é a construção de um Sistema Integrado de Estatísticas Económicas (SIEE).

O CEMPRE é uma operação estatística que tem por objectivo recolher dados sobre a estrutura e a implantação territorial de infra-estruturas como empresas e estabelecimentos. Esta importante operação estará a cargo do INE e parceiros.

No encerramento da formação, o Vice-Presidente do INE para o Pelouro Económico, Dr. Valeriano da Conceição Levene, enquadrou a realização do CEMPRE no Plano Estratégico do Sistema Estatístico Nacional (SEN) para o quinquénio 2013-2017, no qual consta como uma das prioridades a criação de uma base de dados sólida actualizada e fiável, de empresas e estabelecimentos operando no país, designada por Ficheiro de Unidades Estatísticas (FUE). Essa base permitirá, tal como referiu, a produção de estatísticas económicas básicas de boa qualidade e tempestivas, cobrindo os mais vastos leques de especialidades, na perspectiva de um serviço público de qualidade focado nos utilizadores

“A realização do CEMPRE enquadra-se igualmente no contexto económico actual, quer nacional, quer internacional, sendo de destacar particularmente o surgimento no país, de novas empresas, com realce para as da indústria extractiva, sobretudo do carvão, do gás e do petróleo, e ainda de outros minérios. Esta realidade impõe um diagnóstico para o conhecimento de diversos aspectos básicos do potencial económico, através de estatísticas actualizadas e de boa qualidade”, sublinhou aquele responsável.