Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

""

Ferramentas Pessoais

This is SunRain Plone Theme

Navigation

Você está aqui: Entrada / Notícias / INE Divulga Novo Ano Base das Contas Nacionais

INE Divulga Novo Ano Base das Contas Nacionais

Tendo como finalidade a divulgação dos resultados que determinaram a adopção do novo ano base das Contas Nacionais, o Instituto Nacional de Estatística (INE) promoveu na última quarta-feira, dia 14 de Novembro, uma acção de formação na qual tomaram parte representantes do Banco de Moçambique e de ministérios que detêm o estatuto de Órgãos Delegados do INE e o Banco Mundial. Até ao momento a instituição vem compilando as Contas Nacionais sustentando-se na base adoptada em 1993.

A divulgação do novo ano de referência a ser adoptado, constitui-se no primeiro passo em direcção a um processo de emigração gradual do manual-base de 1993 para a de 2008. A mudança é determinada pelas transformações que vão ocorrendo no tempo, principalmente devido a amplitude dos dados estatísticos que foram sendo recolhidos durante as operações estatísticas, nomeadamente censos e inquéritos de grande envergadura.

Entre outros aspectos, foram apresentados durante o evento, os resultados do novo ano base das Contas Nacionais. Foram igualmente esclarecidos aspectos atinentes às principais mudanças a serem introduzidas nos processos de compilação das contas. Outro dos aspectos que mereceu atenção durante o evento, teve a ver com a criação da capacidade de leitura, interpretação e utilização dos indicadores macroeconómicos produzidos pelas Contas Nacionais.

De acordo com a Directora das Contas Nacionais e Indicadores Globais do INE, Dra Mónica Magaua, o evento está inscrito nas prioridades da instituição referentes a 2018, de promoção e advocacia da cultura estatística. Foi, aliás, na mesma perspectiva que o sector realizou nos últimos meses, acções de divulgação das actividades relacionadas com a produção, divulgação e utilização de indicadores macroeconómicos. Os eventos foram participados por responsáveis do governo ao nível das províncias contando ainda com a participação de agentes económicos das províncias contempladas.

O encontro da última Quarta-Feira reuniu representantes do Banco de Moçambique, dos Ministérios da Economia e Finanças, Agricultura e Segurança Alimentar, Cultura e Turismo, Recursos Minerais e Energia, Terra, Ambiente e Desenvolvimento Rural, Transportes e Comunicações, Mar e Águas Interiores, Ciência, Tecnologia e Formação Técnico-Profissional, entre outras instituições.