Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

""

Ferramentas Pessoais

This is SunRain Plone Theme

Navigation

Você está aqui: Entrada / Notícias / Representante do FNUAP Visita CPD

Representante do FNUAP Visita CPD

No dia 22 de Novembro pelas 14:00 Horas, a nova representa do FNUAP Moçambique, Andrea Marie Wojnar, visita o Centro de Processamento de Dados do Censo 2017 em Marracuene (FACIM).


Recebidos pelos Directores de Censos e Inquéritos de Integração, Coordenação e Relações Externas, a comitiva do FNUAP foi-lhes apresentado as etapas que caracterizam todo o processo do censo (preparação e recolha de dados) assim como as etapas de recepção verificação dos materiais vindo das províncias como os planos e procedimentos de processamento de dados vias scanner.

Concluída esta etapa e para maximizar a própria visita, a comitiva foi convidada a visitar os pavilhões onde estão armazenados os Kits do censo e onde trabalham os operadores do CPD. Fez-se uma simulação completa de todo o processo de fluxo de informação designadamente: a recepção e pistolagem, a atribuição dos Kits de AC para desmontagem e pistolagem, desmontagem de cada AE do Kit de AC e a pistolagem, verificação de AE e o armazenamento e pistolagem de AE no Arquivo. As figuras a seguir detalham alguns momentos da visita


Simulação da atribuição e pistolagem do kit de AC ao Operador


Operador desmontando e verificando cada AE do Kit de AC sob olhar atento da visita

Operador em pleno exercício das suas actividades

Assistindo a etapa de verificação e colagem da etiqueta de AE

Etapa de pistolagem e arquivamento de cada AE

Conversando com a equipa da Cartografia

A nova representante do FNUAP pousa com operadores durante o descarregamento do material de Nampula

Concluída a vista aos pavilhões, a comitiva do FNUAP e do INE voltaram a mesa para tecer considerações finais e esclarecimentos. Nesta conversa, a representante mostrou-se feliz e satisfeita com o que viu e disse de viva voz que continuará a dar apoio incondicional as actividades do INE e em particular as ligadas a este censo. Para encerrar a visita, a representante ganhou uma capulana do censo 2017 e mostrou que domina as técnicas de fixar a capulana à cintura uma vez que já trabalhando no continente africana e quase 30 anos.